Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O blog do Fi

um português em Berlim

O blog do Fi

um português em Berlim

Vivemos em pequenas caixinhas

Filipe B., 16.10.23

Design sem nome (1).png

Aos 20 os nossos pais já tinham comprado ou mandado construir casas enormes com divisões que hoje estão vazias.

Nós vivemos em pequenas caixinhas apertadas e pagamos o dobro.

Ou o triplo.

Eles construíram tantos quartos e salas de estar e salas de jantar e despensas e garagens que hoje só apanham o pó que os filhos emigrantes deixaram ao fechar a porta e sair de repente.

Noutros casos, os quartos de criança voltam a abrir-se para receber o filho que torna ao sítio, de onde só devia ter crescido para o mundo, porque nem uma caixinha pequenina pode pagar.

É isso. Nós não mandamos construir nada.

Nem compramos já feito porque há outras prioridades.

Ou vivemos com os pais em ambientes disfuncionais onde o tempo grita e grita que já não devíamos ali estar. 

Ou vivemos no estúdio de 30m2, ou menos, ou mais, com uma sala improvisada, uma banheira imaginária, dois bicos no fogão e uma mesinha-de-cabeceira que já foi uma caixa de sapatos.

Mas ao descer o prédio, temos logo aqui ao lado o café que nos vende os vanilla matcha soy bio vegan latte a 6 euros e está tudo bem.

 

 

imagem: Canva

 

13 comentários

Comentar post