Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O blog do Fi

um português em Berlim

O blog do Fi

um português em Berlim

Mil vezes passar o Inverno em Berlim

Filipe B., 22.01.22

Fotos recentes da minha rua

Fotos recentes da minha rua em Berlim

 

Pois é, nunca pensei dizer isto. Quando me mudei para a Alemanha, toda a gente me dizia "Ai... e o frio?".

Também eu temi, claro. Habituado que estava a um clima mediterrânico, assustou-me um pouco esta ideia de passar invernos com neve e gelo.

Mas hoje digo: mil vezes passar o Inverno em Berlim do que em Portugal.

É simples. 

Frio na rua, quente dentro de casa.

E, sim, é essa a única razão. Não tenho saudades nenhumas de ter de usar 3 camadas de roupa à hora do jantar lá na minha casinha portuguesa. Sim, sim, a gente tem lá uma lareira, pois temos. Mas e as outras divisões? O gelo siberiano que se sente no corredor, longe da lareira, a caminho do quarto... tremo só de lembrar.

E o amontoado de roupa de cama que usava só para não ter frio de noite? Até pesava nos ossos. 

É verdade que aqui temos a vantagem do aquecimento central, presente em todas as casas, mas não é só isso. É a construção, penso eu, e os especialistas dirão melhor. É a construção, e o isolamento, que mantêm o calor dentro dos edifícios. Em Portugal, a lareira aquece, mas assim que se apaga, o frio vem logo. 

Enquanto escrevo isto, por acaso, tenho aqui a janela da sala entreaberta (gosto de ar fresquinho de vez em quando), visto uma t-shirt e um casaco desportivo fininho e não tenho frio nenhum cá dentro. Note-se que ainda ontem tínhamos a rua coberta de neve... e as noites chegam aos graus negativos!

O bem-estar que este conforto dentro de casa nos dá, no Inverno rigoroso, não tem comparação.

É por isso que vou muito pouco a Portugal nesta altura do ano. Desabituei-me desse desconforto. Não é à toa que todos os estudos apontam o nosso cantinho lusitano como um dos países onde as pessoas passam mais frio dentro de casa nesta altura do ano, ora vejam aqui

Sendo assim, prefiro ir na Primavera, ou nos finais do Verão, quando as multidões já deixaram as praias em sossego. 

E já conto os dias para lá chegar.

Por agora cá fico no inesperado calor de Berlim. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.