Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog do Fi

um português em Berlim

O blog do Fi

um português em Berlim

DEIXA-ME SER: a música por detrás do livro

Filipe B., 16.09.16


Escrever um livro sobre a tua vida não é só ditar a tua história e pronto.

Por isso, para aproximar o leitor daquilo que ia passando na minha mente, deixei neste livro algumas referências a músicas que me marcaram em vários momentos da história que conto.

Fi-lo porque a música sempre foi uma parte bastante importante do meu existir. E isso é até explicado numa das partes da obra. 

Sem revelar demais, posso dizer que o livro abre com uma citação da música Rebel Heart da Madonna. A explicação é simples. A letra dessa canção é um espelho completo da minha vida (e da vida de muitos fãs dela!). Num livro em que falo do suicídio tão frontalmente, não haveria escolha melhor para o iniciar...  o sentido é literal"So I took the road less travelled by. And I barely made it out alive".



Mas essa não é a minha única homenagem à Rainha da POP. Há outra citação, mas quero que seja surpresa. Digo apenas que faz parte do meu álbum favorito dela, o American Life.

Falando em álbuns favoritos, existe um capítulo intitulado Blackout. Este é o nome do meu trabalho favorito da Britney (b*tch!) e foi aquele que mais me marcou ao longo dos anos. E sim, existem montes de referências a ela neste livro. Não quero revelar nenhuma, mas posso adiantar que para além do nome do capítulo há uma citação mais para a frente... mas de uma música da qual ela fez cover  (não é um original seu). Só por curiosidade Blackout significa literalmente Apagão. Só para avisar que esse capítulo não é lá muito fácil de ler, mas é interessante...



E porque nem só de POP vivo eu, não podia deixar de incluir várias (mas mesmo muitas) referências aos Muse. São simplesmente a minha banda rock favorita e falar deles surgiu de forma tão natural que incluí uma citação de uma música... e depois um género de "obrigado" por me terem tocado sempre de forma tão especial. Os Muse salvaram-me muitas vezes. 

Bem... uma das canções referidas é Hysteria. E eles "aparecem" em diferentes capítulos.

Depois existem outros artistas que são subentendidos... que aparecem aqui e ali, como lembranças dos tempos que estou a narrar. 

Voltando à POP, acrescento só que tenho também um excerto de algo que a Lady Gaga diz num videoclip. Arrepio-me de cada vez que o vejo...

Será que consegues adivinhar de qual vídeo se trata?